segunda-feira, 4 de julho de 2016

Encontro Macrorregional Leste reunirá trabalhadores das casas espíritas da 1ª e 14ª URES - Inscreva-se!


Anualmente, a Federação Espírita Catarinense (FEC) realiza seis reuniões das Comissões Regionais e Macrorregionais, que reúnem trabalhadores, dirigentes das casas espíritas e das Uniões Regionais Espíritas  (UREs) em todas as regiões do Estado (Leste, Sul, Norte, Nordeste, Centro e Oeste).
Esses encontros já estão agendados e acontecem nas seguintes regiões 
Na Região Leste (Região de Florianópolis) será realizado no dia 09.07.2016, no Centro Espírita Tereza de Jesus (Lar de Zulma), na Avenida Irineu Bornhausen, 119 - Campinas - São José - SC.
As Comissões Regionais se tratam de reuniões da Diretoria da FEC em conjunto com as URE’s, para apresentação e discussão das diretrizes, objetivos e ações.
As Macrorregionais são encontros de capacitação que acontecem de forma simultânea às comissões, para oferecer subsídios aos trabalhadores de cada região nas mais diversas áreas de atuação.
Dessa forma, o objetivo de ambos é unir e unificar o Movimento Espírita catarinense a partir do diálogo constante e da troca de experiências e expectativas, projetando conjuntamente ações em prol da consolidação do movimento espírita organizado.

Portanto TODOS os trabalhadores do Movimento Espírita de cada região estão convidados a participar.
Neste ano de 2016, a proposta é sensibilizar os presentes diante do compromisso de adquirir, pela abnegação e amor profundo à causa do Cristo sua luz própria na senda evolutiva.

Para isso, os eventos buscarão mais integração dos trabalhadores, casas e uniões
regionais, já que a dinâmica adotada exige organização antecipada, pois todos serão protagonistas.

O livro "Voltei", de Irmão Jacob, servirá de norteador das discussões, e as UREs deverão preparar antecipadamente apresentações sobre a temática abordada na obra.

Além disso, os trabalhadores de diversas áreas das casas terão à disposição 10 oficinas de capacitação.
Acompanhe abaixo a lista prevista e agende-se! (As oficinas irão ocorrer mediante inscrição prévia de 10 pessoas, no mínimo).

Objetivo Geral: Sensibilizar os presentes diante do compromisso de adquirir, pela abnegação e amor profundo à causa do Cristo, sua luz própria na senda evolutiva.

Programação
13:00 h – Recepção
13:30 h – Abertura e introdução aos trabalhos com palavras dos Presidentes da FEC e da FEB
14:00 h às 17:00 h – Reunião da Comissão Regional e Oficinas
17:30 h – Apresentação das URE’s
19:00 h – Mensagem de Divaldo Pereira Franco e encerramento

Oficinas:
  1. Comunicação Social – site e e-mails institucionais
  2. Livraria – Biblioteca – Depto do Livro
  3. Atendimento Espiritual
  4. Estudos
  5. Mediunidade
  6. Reunião do SEJU
  7. Assistência Social
  8. Evangelho – NEPE
  9. Reunião dos Caravaneiros do CITAF
  10. Um novo olhar sobre a evangelização espírita da infância – subsídios e diretrizes



RESUMO DAS OFICINAS
Comunicação Social
Sites e e-mails institucionais Público: Trabalhadores da Comunicação Social – secretários das casas e URE. Responsáveis por TI. Temário: 1ª parte: DECOM - Avaliação de desempenho, indicadores, formação de grupo estadual/regional, canais recomendados x canais usados, itens essenciais da comunicação, necessidades da região, Propostas da FEC para a Comunicação Social, Propostas da região. Escutar os trabalhadores da área. 2ª. Parte:  Importância do uso dos e-mails institucionais e como ter um site da instituição com apoio da FEC.

Departamento do Livro
Público: trabalhadores de livrarias e bibliotecas espíritas, diretores do departamento do livro Temário: 1ª. Parte: Biblioteca - gerenciamento dos acervos físicos e digitais; técnicas para organização do acervo, a partir do Manual de Orientação da Biblioteca Espírita. Software de automação de bibliotecas – BIBLIVRE. 2ª parte: Departamento do livro - motivo e finalidade da existência do departamento do livro; avaliação da literatura espírita: o avaliador; itens para avaliação; a ficha de avaliação. 3ª. Parte: Estrutura da Distribuidora: - Organograma, Funcionários, Responsabilidades; Políticas Internas: - Compras (período de pedidos), Obras (Porque não temos diversas obras), Política Comercial, Modalidades de Compras disponíveis, Formas de Comprar da FEC (meios de contato), Porque comprar da FEC (quadro de custos/superávits da FEC e da Casa); Vendas: Algumas técnicas, Como montar uma feira, Como abordar um Cliente, porque ouvir antes de oferecer, Dar ou não descontos.


Atendimento Espiritual
Público: coordenadores e trabalhadores das atividades relacionadas ao atendimento espiritual (recepção, passe, atendimento fraterno, irradiação, evangelho no lar) Temário: Abordagem das atividades do atendimento espiritual com ênfase na implantação das atividades de irradiação, seus benefícios para o Centro Espírita, para o Seareiro e para os frequentadores.

Estudos
Público: coordenadores e monitores/facilitadores dos grupos de estudos espíritas. Temário: Abordagem na organização pedagógica da área de estudos no centro espírita, com ênfase na criação de grupos de estudos introdutórios ao ESDE para recepção e acolhimento inicial das pessoas interessadas em estudar o Espiritismo, em qualquer época do ano, organizando o fluxo de entrada de novos participantes.


Mediunidade Estudo e Prática na Casas Espírita
Público: Coordenadores do departamento Mediúnico, dirigentes de grupos mediúnico e médiuns trabalhadores.Temário: Debate sobre a estrutura da área da mediunidade na Casa Espírita e suas interfaces com as demais atividades espíritas. Ênfase na importância do estudo da mediunidade para garantir a qualidade das atividades Espíritas, e do papel dos médiuns neste contexto. Trataremos em particular a questão "mediunidade e Obsessão na Criança e o Jovem". 

Reunião dos SEJU’S
Público: Jovens líderes entre 13 e 25 anos que façam parte do Seju ou que desejem conhecer/auxiliar o mesmo. Temário: - Divulgar a união dos jovens espíritas de Santa Catarina, incentivando o protagonismo juvenil e a inserção destes jovens no movimento espírita. Dada a necessidade de fortalecer a ação jovem por meio do protagonismo juvenil e de sua integração nas atividades do Centro Espírita e do Movimento Espírita, que é descrita no documento “Orientação à Ação Evangelizadora Espírita da Juventude: Subsídios e Diretrizes”, os jovens de Santa Catarina estão se organizando para pensar como podem auxiliar e atuar no movimento espírita. Esta oficina proporciona um espaço para que possam apresentar suas propostas e trocar suas experiências. A oficina será desenvolvida através de vivências, debates e estudos. Proporcionando a unificação e entre os jovens presentes.

Assistência Social
Público: dirigentes do DAPSE e trabalhadores das atividades assistenciais Temário:As relações entre assistência social e o espiritismo. O Serviço de Promoção e Assistência Social Espírita, seus desafios e potencialidades. A experiência da assistência social e o movimento espírita catarinense.
  
Evangelho – NEPE
Público: Expositores espíritas e demais trabalhadores interessados no estudo do Evangelho Temário: Conhecer a origem e a composição do Novo Testamento; compreender a importância do estudo do Novo Testamento à luz da Doutrina Espírita e apresentar uma proposta de método de estudo em grupo do Novo Testamento.

Reunião dos Caravaneiros do CITAF
Público: Coordenadores e caravaneiros do CITAF Temário: Reunião com os participantes das caravanas fraternas de cada região, para acompanhamento, avaliação e replanejamento das atividades do Programa de Capacitação Federativa Integrada – CITAF.
  
Um novo olhar sobre a evangelização espírita da infância– subsídios e diretrizes
Público Alvo: Evangelizadores das áreas de infância e juventude atuantes nas casas espíritas. Temário: - Oportunizar capacitação de multiplicadores dos documentos Orientação à Ação Evangelizadora Espírita da Infância “Subsídios e Diretrizes e Orientação à Ação Evangelizadora Espírita da Juventude”. Conceitos principais: Definição de infância, Eixos Estruturantes, Finalidade, Espaços de Ação - detalhados, Papel e Perfil do Evangelizador, O Papel do Dirigente da Instituição, Qualidades (bem detalhadas). Ressaltar a qualidade Pedagógica e Organizacional, mostrando aonde se encontra o Currículo nessa primeira parte e a organização em Núcleos Temáticos e desdobramento em Conteúdos Doutrinários. A oficina será desenvolvida através de vivências, debates e estudos. Proporcionando a unificação e troca de experiências.


Nenhum comentário:

Postar um comentário